Handtalk

domingo, 2 de abril de 2017

Fisioterapeutas e a Promoção da Saúde, Prevenção das Doenças, Estímulo à Qualidade de Vida e ao Bem-Estar num Ambiente Sustentável.

Nesta semana lendo um dos livros que comprei em minhas férias, o livro de Práticas da Reabilitação Musculoesquelética: Princípios e Fundamentos Científicos, de David J. Magee, encontrei no capítulo 16 o tema: O papel do terapeuta em promoção de saúde, bem-estar e aptidão física.
Neste capítulo o autor, primeiro vem contando a história da promoção da saúde, da prevenção, do bem-estar e das atividades de aptidão física e sua evolução inextricavelmente tecida na fábrica da vida e na cultura dos tempos. Como ao longo dos tempos as necessidades da vida, da guerra e da tecnologia e da tecnologia tem exercido efeitos positivos e negativos, na saúde, no bem-estar e na aptidão física da humanidade ao longo dos séculos.
Mostra também os conceitos de:

PROMOÇÃO DE SAÚDE:
A ciência da arte de ajudar pessoas a mudarem seu estilo de vida para avançarem rumo a um estado de saúde ótima. Saúde ótima é definida como um equilíbrio de saúde física, emocional, social, espiritual e intelectual. A mudança do estilo de vida pode ser facilitada por meio de uma combinação de esforços para melhorar a compreensão, mudar o comportamento e criar ambientes que apoiem práticas de boa saúde. Dos três, os ambientes de apoio provavelmente terão o melhor impacto na produção de mudanças duradouras. (O´Donnell MP)

BEM-ESTAR:
O Nacional Wellness Institute delineou seis componentes do bem-estar:
* SOCIAL= Contribuir para o ambiente e a comunidade do indivíduo, enfatizando a interdependência entre outros e a natureza;
* OCUPACIONAL = Satisfação e vida enriquecedora por meio do trabalho;
* ESPIRITUAL = Apreciação da profundidade e vastidão da vida, tendo significado na vida de outro,
* FÍSICO = Consciência da necessidade de atividade física regular, boa dieta e nutrição, evitando hábitos que são prejudiciais ao bem-estar,
* INTELECTUAL = Ser capaz de resolver problemas, expandir conhecimento e habilidade, abertura para novas ideias e
* EMOCIONAL = Consciência e aceitação dos sentimentos de outro, pensando positivamente sobre si mesmo.

E o definiu como um estado saudável de bem-estar livre de doença, e de uma forma mais profunda, como um processo ativo de tornar-se consciente e de fazer escolhas para uma existência bem-sucedida.

APTIDÃO FÍSICA:
De acordo com o Department of Health and Human Services, aptidão física é um conjunto de atributos que uma pessoa possui em relação a uma habilidade para realização de atividades físicas que requerem aptidão aeróbia, resistência, força ou flexibilidade, sendo determinada por uma combinação de atividade regular e habilidade geneticamente herdada.

Mostra também os custos econômicos da falta da promoção de saúde, do bem-estar e da aptidão física. O Centers for Disease Control and Prevention (CDC) estima que mais da metade de todas as mortes prematuras de adultos nos Estados Unidos e em outros países desenvolvidos é devida a causas relacionadas a estilos de vida que poderiam ser alterados com a aderência de estilos de vida saudáveis. (Fried LP)

Outro dado importante é sobre a Osteoporose.
A alteração postural cifótica não apenas desfigura fisicamente como traz danos psicológicos. Alterações posturais cifóticas progressivas podem predispor o indivíduo à dor lombar, ao aumento do risco de quedas, a um equilíbrio alterado, ao aumento do risco de fraturas vertebrais, à alteração da função respiratória, à ansiedade, à depressão e ao isolamento social. (Gold DT, Lydick, E.)

Este capítulo trás tbm inúmeras "doenças da civilização" e nos mostra alguns dos efeitos sobre custo, morbidade e mortalidade sobre os recursos de saúde naquele país. Como as doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, sarcopenia e a osteoporose como citada acima. Além das alteração fisiológicas associadas ao envelhecimento.

E por fim, numa grande sessão, aborda detalhadamente o papel do clínico, especialmente do Fisioterapeuta em Promoção de saúde, bem-estar e aptidão física e seus efeitos em cada um destes problemas.
Enfatizando que o conhecimento dos Fisioterapeutas, como cientistas do movimento, posiciona-os estrategicamente para oferecer uma maior contribuição para alterar os custos surpreendestes da atenção em saúde e reverter as diminuições de funções muitas vezes vistas na sociedade sedentária de hoje.
E que, abraçar o modelo de bem-estar para todos os pacientes requer uma mudança que vai além do modelo de doença e requer dos clínicos imaginar programas de atividade física e exercícios que irão superar as barreiras potenciais à atividade física e o exercícios e irão de encontro às necessidades e objetivos do indivíduo.

O capítulo é fechado com a seguinte frase de Evans e Campbell, "Nenhuma intervenção farmacológica abraça uma possibilidade tão grande de melhorar a saúde e promover a independência dos idosos como o fazem o aumento da atividade física e do exercícios, ambos os quais irão levar ao aumento da aptidão física."

Isso nos mostra como os Fisioterapeutas , devem abraçar, declarar publicamente e prover programas de promoção de saúde, bem-estar e aptidão física ao longo de toda vida como parte de sua responsabilidade inerente de melhorar as vidas de nossos cidadãos. (Magee, David J.)
















Dra. Alessandra Cantalogo / Fisioterapeuta.
Crefito 4: 52.161-F.
Há mais de 20 anos lutando pela Promoção da Saúde, prevenção das doenças, estímulo à qualidade de vida e ao bem-estar num ambiente Sustentável.





QUEM SOMOS

Minha foto
Uberlândia, Minas Gerais, Brazil
Somos pessoas interessadas em viver a arte e alegrar a arte com vida.

E-Domínios

POSSO PERGUNTAR?